fbpx

Due Diligence & Auditoria

Due Diligence e Auditoria: O que é, para que serve e como fazer

Existem muitos fatores de risco envolvidos nas operações financeiras que envolvem compras e investimentos de ativos, e nem sempre o investidor tem a devida compreensão disso. Normalmente, o erro acontece pelo total desconhecimento das ferramentas de verificação e audição disponíveis para a facilitação do processo. A exemplo do método Due Diligence em relação a auditoria, ele busca fazer uma análise profunda dos dados apresentados antes da tomada de decisão.

Como o próprio nome propõe, é uma investigação prévia, de modo que o primeiro objetivo aqui é checar as informações fornecidas. Isso será importante para que o investidor não caia em golpes, ou leve desvantagem em uma operação comercial. Afinal, existem diversos detalhes em empreendimentos, imóveis e demais formas de ativos que só se percebem um tempo após a compra. Nesse sentido, o Due Diligence pretende entregar mais confiança ao comprador por meio da verificação.

Dessa forma, pode-se dizer que o Due Diligence deverá ser utilizado para diversos tipos de operações comerciais diferentes. Como, por exemplo:

  1. Compra de empresas;
  2. Fusões;
  3. Adesão ou participação como sócio em uma sociedade;
  4. Investimentos em ações de uma determinada companhia.

Nesse sentido, você pode notar que todo o processo de auditoria possui direta associação ao Conceito de “Compliance”, que é justamente o trabalho de assessoria e mapeamento de todos os aspectos de um determinado negócio. Por meio do Compliance, será possível identificar os fatores de riscos envolvidos nas operações já mencionados. Isso é de suma importância para evitar desvantagens comerciais que podem levar um projeto, sonho ou empresa à falência. 

Para isso, você pode contar com o time de profissionais do Monteiro Verdasca Advogados que é referência em Direito Societário, Empresarial e Direito Médico. Conheça mais desse trabalho, clique aqui!

Advocacia especializada

O escritório é referência pela qualidade dos serviços oferecidos. Temos orgulho de termos 100% de feedbacks positivos no Google.

Equipe técnica qualificada

Advogados experientes e dedicados aos interesses dos clientes do início ao fim. Aqui não existe a cultura de falar com o cliente apenas ao final do processo.

Seu direito, nossa missão.

Somos implacáveis na luta pelos direitos dos nossos clientes visando a entrega do melhor serviço possível.

Como funciona a audição Due Diligence

Geralmente, recomenda-se que os interessados em realizar a auditoria recorram a profissionais e empresas qualificadas no ramo. Até porque a análise aqui proposta envolve uma série de termos e procedimentos técnicos que necessitam de conhecimento prévio. A exemplo, a interpretação de um Balanço Patrimonial, que é uma demonstração contábil em que a situação financeira e econômica de uma empresa é checada. 

Nesse caso em específico, é muito fácil que um leigo possa fazer a interpretação errada, como ao ver o total de ativos de uma empresa e não considerar os seus passivos. Provavelmente, isso resultaria em uma situação de desvantagem por parte do investidor, que teria que lidar com eventuais cobranças num futuro próximo. 

Ademais, também deve-se considerar o fluxo de entradas e saídas, que conseguem demonstrar o quanto o negócio está rentável dentro de sua configuração atual. Por exemplo, é necessário saber se a empresa tem uma pilha de dívidas e cobranças que sobrepõe a entrada de novas quantias e o lucro da mesma. Dentro dessa relação desigual, a empresa pode até se manter de pé por determinado tempo, mas nada garante que a mesma conseguirá manter a sua atuação por muito tempo. 

Sem falar que, para interessados em entrar na dinâmica da empresa, seja por meio de sociedade ou fusão, esse é um conceito imprescindível de análise. Digamos que, por exemplo, note-se que existe um fluxo muito grande de entrada de novas quantias mediante venda ou prestação dos serviços da empresa. Esse é, de fato, um indicador interessante, mas não deve ser o único a ser levado em consideração no momento de dizer se o negócio é rentável ou não. 

Análise de Gastos e Lucro

Para poder afirmar essa questão, será importante recorrer a uma análise dos gastos envolvidos na produção. Bem como qual o valor que tem como destino impostos, pagamento de dívidas, empréstimos e pagamento de funcionários. Por vezes, a empresa tem tantos compromissos de pagamento que sequer consegue reinvestir dinheiro em seu negócio. 

Desse modo, ela funciona apenas pelo trabalho para o suprimento do próprio ofício, sem perspectiva de crescimento ou de vantagem financeira consistente. Com isso, pode-se dizer que a mesma não seria mais um investimento bom, ainda mais tendo em mente que a mesma está com uma série de dívidas que precisam ser quitadas. Ou seja, a ideia do que seria vantajoso ou não muda a depender do olhar mais apurado aos detalhes de produção.

E se o que você busca é esse olhar mais apurado, então não desconsidere a ajuda profissional para a análise das questões apresentadas. Como o Direito Empresarial e o Direito Societário. Para todas essas áreas de atuação, você pode contar com profissionais capacitados da Monteiro Verdasca Advogados. 

Como saber se um negócio vale a pena?

Como já mencionamos, o Due Diligence vai se ocupar, especificamente de responder essa questão. Para isso, irá tratar de aspectos importantes que definem a vantagem ou não sobre uma aquisição ou fusão, pois não é incomum que se esconda questões importantes na hora da compra. Ademais, pode ser que a empresa tenha uma política de corrupção e práticas ilícitas que não podem ser descobertas apenas por um olhar superficial. Logo, a ajuda profissional para rastrear indícios de falcatruas será essencial.

Como esses detalhes, ditos mais sórdidos, não são anunciados com frequência nos anúncios de vendas, é necessário ter cuidado. Outro aspecto importante é o aspecto jurídico, que geralmente envolve uma série de documentações e licitações para funcionamento de um negócio, por exemplo.

Até porque, não são raros os casos em que existe uma série de documentações falsas apresentadas a possíveis compradores. Todavia, poucos conseguem realmente perceber que a documentação possui incompatibilidades com os modelos oficiais. Para isso, é importante conhecer a estrutura das documentações, saber como lê-los e também como são feitas as verificações necessárias. 

Com o uso de documentos falsos, toda a ação de sua operação comercial é inválida, e até que você consiga reverter essa situação, uma boa quantia de dinheiro será perdida. Porém, uma simples análise feita por profissionais qualificados será o suficiente para evitar essa dor de cabeça.

Para isso você pode contar com a ajuda do time do Monteiro Verdasca Advogados, que será capaz de prestar toda a assistência necessária. Ao entrar em contato com a nossa equipe de Fusões e Aquisições, você encontra o comprometimento necessário que irá te acompanhar desde os momentos iniciais da negociação até a assinatura final do contrato com toda a segurança que você precisa. Para saber mais, clique aqui!

Análise de Mercado

Ademais, não devemos nos esquecer que também precisa estar presente nessa investigação as previsões quanto às vantagens da aquisição. Nesse sentido, perguntas como: “qual a previsão do mercado para essa empresa” ou “esse negócio de fato é vantajoso” devem ser levantadas. Com isso, evita-se cair na interpretação errada de que uma aquisição ou investimento é o correto ou melhor escolha. Mais uma vez é necessário relembrar que a pessoa que deseja atrair compradores ou investidores para os seus negócios tendem a valorizar apenas o aspecto positivo. Por isso, chamadas mais atrativas, como “receita para ganhar dinheiro” são possíveis de serem encontradas no mercado.

Entretanto, a análise de mercado não pode, simplesmente, ser desprezada nesse momento. Na verdade, é dever também da Due Diligence analisar os possíveis cenários para o desenvolvimento desse negócio a longo prazo. Então, deve-se perguntar e calcular qual a previsão para o retorno do investimento inicial e como esse segmento está se comportando na economia. 

Por falar em economia, a auditoria também precisa analisar os cenários econômicos para investimentos desse tipo. Ou seja, será necessário atentar-se à questões políticas que podem impactar os negócios, o comportamento do consumidor e tendência de mercado.

A Importância de Profissionais Qualificados

Nesse caso, um profissional qualificado irá seguir com o objetivo de saber quais são as metas do investidor, que é basicamente traçar o perfil do mesmo. Afinal, busca-se um investimento mais seguro a longo prazo? Ou o interesse é por um investimento que consiga dar retorno imediato? Ou ainda, evitar os negócios mais voláteis para não ter o risco de perder dinheiro? Ou seria melhor se arriscar em um negócio que tem chances de se destacar dentro do cenário econômico nos próximos meses?

Portanto, tudo depende muito daquilo que se busca numa compra ou investimento em um determinado negócio. Vale lembrar que todas essas perguntas podem ser respondidas por uma análise realizada por meio do processo de Due Diligence.

Com a equipe da Monteiro Verdasca Advogados, você consegue a assistência que procura para alcançar exatamente o seu alvo. Além da análise do mercado, analisa-se também as suas condições enquanto investidor nessa jogada. Tudo isso com o comprometimento que você busca em um atendimento personalizado e com garantia de qualidade. Para nos encontrar, clique aqui!

Análise do Histórico de uma Empresa

Também será mais do que necessário recorrer às ferramentas disponíveis de investigação de histórico da empresa. Nessa parte, o aspecto jurídico tende-se a prevalecer como principal na busca por dados, o que faz bastante sentido. Por exemplo, no Due Diligence deve-se buscar o monitoramento de Pessoas Expostas Politicamente, os PEPs, que possuem qualquer tipo de envolvimento com a empresa ou causa em questão.

Dentro desse aspecto, toda a atenção é pouca. Pois, por exemplo, seria preciso tomar cuidado com a visão que a sociedade ao redor da empresa, público consumidor, possui dela. Por exemplo, é muito comum que os vendedores de um determinado negócio escondam a reputação que a empresa possui com os consumidores. Questões negativas na mídia, tanto da marca em si quanto de um determinado sócio ou agente parceiro em questão, é um ponto de impacto sobre a performance. Sobretudo nos dias atuais, em que cada vez mais se busca por falhas na gestão das empresas e em que esses detalhes influenciam muito a tomada de decisão do consumidor.

Em caso da empresa possuir uma imagem desgastada por conta de escândalos desnecessários que já consolidou uma ideia negativa da empresa, é preciso pensar se deve-se ou não seguir em frente com o investimento. Caso a resposta seja positiva, o investidor precisa saber que é possível, mas que irá demandar toda uma assistência mais delicada. Nesse caso uma assessoria jurídica iria trabalhar com a Gestão de Crise, que basicamente irá lidar com a diminuição dos impactos sociais pós-exposição. 

Esse trabalho demanda que o investidor tenha uma aproximação com o negócio da empresa, bem como com a sua história no mercado. Não é impossível fazer com que uma empresa se erga após um escândalo de proporções gigantescas, mas com certeza é um desafio que poucos conseguem suprir. 

Perguntas a serem feitas

Sendo assim, todo o tipo de busca deve ser realizado para se ter um panorama completo sobre as questões do investimento. Nesse momento, algumas perguntas devem ser feitas, mesmo que pareçam um tanto esdrúxulas e longe da realidade. Por exemplo, pergunte e investigue se:

  • Existe um histórico de doações políticas à essa instituição? Afinal, você precisará se preocupar com possíveis laços que podem te prejudicar no futuro. Em um possível escândalo de corrupção, por exemplo, sua empresa pode acabar sobrando por erros da gestão anterior.
  • Existe algum tipo de relação com trabalho em analogia ao trabalho escravo? Para descobrir isso, você pode recorrer ao quadro de funcionários antigos, bem como buscar os registros jurídicos de possíveis processos anteriores sobre essa questão. Vale lembrar que a qualquer momento alguém pode recorrer a um pedido de indenização sobre condições de trabalho, uma questão bastante particular. Logo, o mais importante nesse cenário é justamente antecipar informações que num futuro próximo poderiam te prejudicar. 

Atenção aos funcionários

Ainda sobre o fator funcionários, será importante fazer uma investigação demorada e com foco qualitativo. Porém, o método pode ser bastante simples, já que consiste, basicamente, em saber em quais condições as pessoas trabalham nessa empresa. Como elas se sentem? Estão satisfeitas com esses métodos? Possuem interesse em sair o mais rápido possível desse ambiente? 

Nesse aspecto, as considerações acerca de uma eventual necessidade de repor pessoas para cargos de supervisão e gerência devem ser considerados. Bem como pensar sobre a necessidade de promover empregados antigos, que possuem boa relação com o trabalho que a empresa desenvolve. Sem falar da necessidade de mapear os funcionários mais antigos, que tendem a saber de detalhes mais sórdidos dos negócios. Esses podem ficar um tanto ressentidos por diversas questões e complicar, intencionalmente, o negócio no futuro. Geralmente, uma empresa com essa realidade tende a ser perigosa, pois demonstra que existe laços de abuso e privilégios que são, por vezes, insustentáveis.

Como você pode notar, toda essa análise não pode ser feita por meio de um leigo, sem contato com as ferramentas específicas para a realização do trabalho. Portanto, mais uma vez vale lembrar que existem empresas que realizam esses trabalhos de maneira comprometida.

Logo, vale muito a pena conhecer o trabalho da Monteiro Verdasca Adovagos, justamente por ser um trabalho de confiança e credibilidade no mercado. Por meio da assessoria de nossos profissionais será possível identificar quais os desafios determinada empresa apresenta por conta de seu histórico com a comunidade. Além disso, os nossos profissionais irão atuar oferecendo um parecer personalizado para saber se deve-se ou não seguir com as negociações após o descobrimento de um evento passado determinante. 

Se o que você busca é uma experiência proveitosa para obter vantagens em suas negociações, conheça o nosso trabalho!

Sobre a Análise de Mercado

Como já mencionamos anteriormente, quem deseja investir em um determinado negócio  não pode fugir da análise econômica de mercado. Para isso, é necessário ter em mente que  Para isso, é necessário ter em mente que um negócio nunca é inteiramente vantajoso conforme apresentado em propaganda. Ou seja, a venda impulsiona uma tentativa desenfreada de tornar o negócio mais atrativo. Entretanto, é importante lembrar que, muitas vezes, a venda do negócio envolve a dificuldade em algum nível de tocar o negócio. Por exemplo, possa ser que o negócio em questão seja obsoleto, que já não tem uso por conta de uma opção moderna mais vantajosa. Inclusive, por vezes, esse produto ou serviço substituto lançado sequer tenha sido lançado ainda, mas demonstra que haverá interferência.

Para analisar melhor, pode-se pensar sobre o caso de uma suposta fábrica de refrigerantes local possa ser uma história de sucesso. Porém, com a notícia de uma eminente construção de uma fábrica de refrigerantes multinacional e com marca consolidada no país pode demonstrar interferência. Claro que existe a chance da fábrica, que também diminui refrigerantes, seja uma marca de tradição local. Porém, mesmo nesse caso, em que não haveria interferência o suficiente para quebrar o negócio, deve-se considerar essa variável. 

Análise do Produto

Sem falar que se o negócio possuir maior projeção nacional, ou até mesmo lide com importações e exportações, é muito necessário o conhecimento de mercado. Ou seja, o modo como o país ou região tem se comportado com relação às taxas de importação ou exportação. Ou até mesmo com a questão do próprio mercado consumidor, a pensar a partir das seguintes perguntas:

  • Esse produto tem relevância para o mercado consumidor nesse momento?
  • Esse produto deve se manter de forma sustentável no mercado nos próximos anos com o avanço do mercado?
  • Existe algum tipo de fator político interno ou externo que influencie o preço de insumos (matéria-prima) nos próximos meses?
  • Qual o relatório de comportamento de vendas dessa empresa nos últimos meses?
  • Quais os fatores de risco que poderiam influenciar na tomada de decisões dos consumidores? (Como reputação da empresa dentro do mercado, ou políticas de gestão que afetam a popularidade da mesma).

Por fim, você pode revisar se a quantia que está sendo investida nesse empreendimento de fato vale o que lhe está sendo cobrado. Caso contrário, você pode reivindicar um desconto, já que a compra seria por um valor superfaturado. Para isso, você teria que recorrer a uma análise profunda dos valores dos ativos da companhia, mas também precisaria considerar os passivos, e o fator depreciação. Afinal, pode ser que algumas peças do maquinário, estoque ou até mesmo de uso diário não tenha condições de suportar o uso por muito tempo. Caso eles estejam dentro do pacote final da compra, deve-se, então, considerar a depreciação antes de chegar a um valor final.

Atente-se aos contratos

Todos esses aspectos fazem parte do momento de negociação, o que demonstra que a assessoria profissional deve acontecer desde o interesse inicial. Na verdade, o Due Diligence pode começar a ser aplicado antes mesmo de se apresentar uma proposta oficial para a empresa específica. 

A parte mais burocrática dos negócios tendem a ser deixadas de lado por quem não tem o costume de ler contratos e entender as suas cláusulas. Porém, esse é um dos grandes perigos, que o Due Diligence pode de ajudar, já que essa investigação também irá se desdobrar sobre o aspecto jurídico da compra ou investimento. 

Nessa etapa, advogados ou juristas especializados devem ser acionados para fazer uma leitura minuciosa do contrato de venda, prestação de serviço ou associação. Por meio dessa leitura será possível identificar possíveis desvantagens do negócio para o comprador. Além disso, também se torna possível saber quais seriam as possíveis reivindicações que o comprador poderia fazer. Afinal, é um costume que detalhes menos favoráveis de um investimento esteja nas entrelinhas dos contratos. Por isso, é importante saber, previamente, quais as condições que lhe estão sendo oferecidas antes de tomar a decisão. 

Auditoria 3000

Por fim, vamos falar de um dos aspectos importantes para conseguir realizar uma auditoria de qualidade dentro do ambiente empresarial, e que se relaciona com o Due Diligence. Esse aspecto é o aspecto normativo da Auditoria 3000, ou melhor NBC TO 3000, que é a norma de asseguração das auditorias e revisões que cuida de informações financeiras.

Será ela a responsável por garantir que a auditoria aconteça dentro dos limites éticos, além de apresentar os métodos eficientes para lidar com a análise de balanço patrimonial e emissão correta de relatórios.

Lado a lado com a Due Diligence, será possível sintetizar as informações financeiras cruciais antes de tomar a decisão da aquisição ou associação do negócio. Portanto, na hora de recorrer a uma auditoria, não deixe de encontrar profissionais com a devida capacitação de auditar dentro das normas.

Para isso você pode contar com a equipe da Monteiro Verdasca, que é referência no mercado em assessoria jurídica, e que trabalha também de acordo com a normatização. Portanto, não deixe de entrar em contato conosco para obter a melhor experiência na sua nova operação comercial. Fale conosco agora mesmo!  

PERGUNTAS FREQUENTES

A relação entre advogado e cliente é uma relação de confiança. Antes de contratar seu advogado, você deve procurar conhecê-lo, conversar com ele, expor seu caso, entender se pode haver conflito de interesses.

A cobrança de honorários é feita caso a caso. Existem várias formas para se mensurar honorários: por hora, em valor fixo por ação mensal, no êxito. Dependerá do tipo de caso e dos custos envolvidos.

Atualmente a advocacia, com a implantação dos Processo Judicial Eletrônico, pode ser exercida remotamente. Ou seja, um advogado no Distrito Federal pode tranquilamente atuar em processos eletrônicos tramitando em comarcas de São Paulo ou Rio de Janeiro. Em determinados casos, contratar um advogado de uma cidade como Porto Alegre não será muito diferente que contratar advogado com escritório no Centro do Rio de Janeiro por um cliente morador da Barra da Tijuca, eis que os contatos entre cliente e advogado se darão, também nessas condições, preferencialmente por telefone ou pela internet.

É difícil a decisão entre contratar um advogado ou um escritório de advocacia. Em tese, tanto uma forma de contratação como a outra devem permitir o acesso à justiça ou à informação jurídica procurada. Contudo, quando a necessidade de consulta e assessoria passa a ser mais intensa, em especial quando for necessária uma resposta rápida, costuma ser conveniente a contratação de um escritório de advocacia com um certo número de advogados. Isso porque, em dadas circunstâncias, é necessário que a consulta ao advogado seja respondida em pouco tempo. O advogado profissional liberal e que trabalha basicamente por conta própria, ainda que bastante competente, tem limitações de tempo e de especialidade – uma vez que precisa se dividir entre seus clientes sem a ajuda de outros advogados. Igualmente, o advogado profissional liberal tende a ter conhecimentos aprofundados em poucas áreas do direito, enquanto o escritório de advocacia pode contar com profissionais de diferentes especialidades. Naturalmente, o mesmo se aplica a escritórios pequenos. A dica é contratar um escritório de advocacia, não um advogado profissional liberal, quando se trata de mais de um problema jurídico de diferentes áreas do direito ou sempre que for previsível que outros problemas jurídicos tendem a aparecer.

Sim, realizamos o atendimento de pessoas físicas e jurídicas. Em sua fundação, o Monteiro Verdasca Advogados atuava preponderantemente para pessoas jurídicas. Desde aquela época tem-se a filosofia de advogar para conseguir resultados concretos em prazo razoável. Ou seja, nossos clientes não são somente mais um processo. O sucesso dessa filosofia resulta em uma carteira de clientes que confiam em nosso trabalho, não só de grandes empresas, mas também de pessoas físicas e pequenas pessoas jurídicas – como em nossa origem.

Em síntese, o desempenho da advocacia é atividade-meio, não de resultados. A obrigação de meio é aquela em que o obrigado (o advogado) tem o dever de desempenho da atividade contratada com diligência, zelo e com o emprego de perícia e técnica para alcançar o objetivo contratado. Ou seja, o contratado não se obriga a um determinado resultado. A obrigação de meio se opõe à obrigação de resultado. Na obrigação de resultado o obrigado se compromete com um determinado resultado certo. Por exemplo, o mecânico contratado para consertar um motor. Ainda que empregada diligência, zelo e o emprego de boa técnica, se o motor não for consertado, não será devido o pagamento. Para responsabilizar o advogado pela perda de um processo é necessário que o lesado faça a prova da conduta ilícita, devendo demonstrar que não agiu com a diligência e os cuidados necessários para a correta execução do contrato. Portanto, é importante entender que o advogado contratado não se obriga a obter um resultado favorável – entendimento que pode evitar frustrações desnecessárias.

É muito importante, ao contratar um advogado, identificar que área do direito pertence o problema e buscar um especialista de verdade. Contratar um advogado trabalhista para atuar em processo criminal pode ser um grande erro. Na medicina, o profissional que se especializa em uma determinada área, como a anestesia, acaba não priorizando e perde conhecimentos em outras áreas que chegou a aprender superficialmente na universidade. O mesmo ocorre com o advogado. Há mais de quarenta especialidades do direito conhecidas, como Direito Administrativo, Direito Aeronáutico, Direto Espacial, Direito Marítimo, Direito Aeroespacial, Direito Agrário, Direito Ambiental, Direito em Arbitragem, Direito de Biotecnologia (Biodireito), Direito Cível, Direito Comercial, Direito de Falências e Recuperação Judicial, Direito do Esporte, Direito Constitucional, Direito do Consumidor, Direito Eleitoral, Direito Empresarial, Direito de Família, Direitos Humanos, Direito Imobiliário, Direito da Infância e da Juventude, Direito Internacional, Direito Marcas e Patentes, Direito Marítimo, Direito Médico, Direito do Mercado de Capitais, Direito Militar, Direito Minerário, Direito Municipal, Direito de Negócios, Direito Penal, Direito Previdenciário, Direito da Propriedade Intelectual, Direito Público, Direito Rural, Direito Sanitário, Direito do Seguro, Direito Sindical, Direito Societário, Direito das Telecomunicações e da Internet, Direito do Trabalho, Direito Tributário e Direito Urbanístico, dentre outras.

É preciso atentar a certos custos com audiências e sessões de julgamentos em que a presença física do advogado é obrigatória ou conveniente para um resultado positivo da ação judicial. O Monteiro Verdasca Advogados tem uma rede de correspondentes que atende todo o Brasil e tem sede própria no Distrito Federal.

O Monteiro Verdasca Advogados tem unidades própria no DF, mas muitos clientes locais e de outros estados preferem a nossa expertise defendendo seus interesses em outros estados, em especial Goiás, Rio de Janeiro, Santa Catarina e Tocantins. Igualmente, defendemos os interesses de clientes de fora do Brasil, brasileiros e estrangeiros, em todo o país. Para tanto, são realizadas reuniões pessoais, por Skype e por telefone. Muitas vezes a atuação em diferentes estados nem mesmo resulta em maiores custos, eis que está muito adiantado o processo de implantação do processo judicial eletrônico no Judiciário brasileiro.

Atualmente há vários sites que divulgam os serviços de advogados e que permitem a contratação a partir de contatos na internet. Inclusive, nosso site permite o pedido de proposta de honorários em: Contato.

Para o Monteiro Verdasca Advogados dar retorno ao cliente é uma prioridade. Por isso o escritório disponibiliza um Serviço de Atendimento ao Cliente (SAC) pelos telefones xxx e xxx, que atende em horário comercial. Clientes de outros estados podem fazer contato pelo e-mail [email protected], bem como pelo chat on-line pelo WhatsApp que consta no site.

CONTATO

MONTEIRO VERDASCA ADVOGADOS

Estamos prontos para atendê-los. Entre em contato com um dos nossos especialistas e marque uma consulta.

Sede Principal - Brasília

SHS, Quadra 06, Brasil 21, Bloco A, Sala 501, Brasil 21, Brasília/DF

Lago Sul

SHIS QL 18 CONJUNTO 6 - LAGO SUL, BRASÍLIA - DF, 71650-065 Obs: Com heliponto e píer para embarcações.

Águas Claras

Em breve

São Paulo

Av. Cidade Jardim, 377, Itaim Bibi, São Paulo/SP

Rio de Janeiro:

Em breve

Santa Catarina:

Edifício SKY Business Center Rua 1.500, n. 820 – Salas 2003, 2004 Esq. Terceira Avenida Balneário Camboriú / SC CEP: 88330-526

Whatsapp